Cirúrgica

Trata-se de remover uma amostra pequena de tecido para que seja analisado de forma macro e microscópica. O procedimento é realizado com anestesia local e tem como objetivo ajudar na indicação do tratamento correto para o problema.

Existem diversos tipos de cicatrizes, dentre elas as que derivam de um pós-cirúrgico, de acne ou de um trauma. Para cada uma existem as soluções apropriada, como:
– Criocirurgia
– Incisão e sutura simples
– Infiltração de corticoide
– Microagulhamento 
– Laser. 

 

O procedimento tem o objetivo uniformizar a coloração e textura da cicatriz para que sua aparência fique mais homogênea na pele.

É uma técnica de resfriamento da região a ser tratada, geralmente com o uso de jatos de nitrogênio líquido. O tecido atingido é destruído. A dor do procedimento é suportável, mas em alguns casos podem ser utilizados anestésicos.

Seu objetivo é queimar os tecidos indesejáveis ou nocivos. É indicado para o tratamento de lesões benignas como verrugas, queratoses e papuloses.

Este procedimento tem uma ação bastante profunda, chegando até a segunda camada da pele. Por sua alta temperatura, provoca lesões que vão estimular a renovação celular, além de estimular a produção de colágeno. Seu resultado é muito mais eficaz que o de peelings profundos.

MMP (Microinfusão de Medicamentos na Pele) é um método inovador para tratamento de pele e cabelos. Ele é indicado para:
– Alopecias
– Queloides
– Estrias
– Cicatrizes
– Manchas

 

O procedimento pode ser realizado com pomada anestésica ou aplicação de anestesia local.

Os queloides são constituídos por lesões salientes, avermelhadas, rosadas ou escuras e podem ocorrer em qualquer área de traumatismo na pele. São benignos, não contagiosos, indolores e classificados mais como um problema estético do que de saúde.
O tratamento depende bastante de como está o estágio do queloide.

As pintas correspondem a lesões que podem se tornar um câncer de pele. Por isso, algumas devem ser retiradas. Este é um procedimento que engloba estética, prevenção e tratamento.
Os cistos epidérmicos caracterizam-se como nódulos de tamanho variável, único ou múltiplo, de coloração da pele normal, esbranquiçados ou amarelados com consistência dura e elástica. A retirada dos cistos é cirúrgica com anestesia local.
Lipoma é um timo de caroço que surge na pele, composto por células de gordura tendo a forma arredondada, podendo surgir em qualquer lugar do corpo, crescendo lentamente e causando incomodo estético ou físico. A retirada consiste em uma pequena cirurgia sob anestesia local, e deixa apenas uma pequena cicatriz na região.
A retirada de tumores na pele é realizada através de cirurgia e a técnica cirúrgica dependerá do tamanho do tumor, localização, e do tipo de câncer.

Esta é uma técnica cirúrgica realizada em consultório e utilizada para corrigir alterações do relevo da pele como:
– Cicatrizes de acne
– Rugas localizadas profundas
– Celulite de grau avançado
– Cicatrizes deprimidas (ou seja, que formam uma depressão na pele).

A doença é provocada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, de acordo com a que for afetada, definimos os diferentes tipos de cânceres.
O ideal é tratar a doença logo no início. Porém, nem sempre é fácil de o paciente identificar. No caso do melanoma, ele pode ser confundido com uma pinta. Daí a importância de consultar um dermatologista anualmente.
Pintas que mudam de formato e tamanho devem ser observadas com atenção.
O tratamento para estes casos é a retirada do tecido de forma cirúrgica com anestesia local.

Como podemos te ajudar?

    SMHN Qd. 2 Bl. B – Sala 601
    Centro Clínico Cléo Octávio – Asa Norte – Brasília
    contato@cintiarocha.com.br


    (61) 3797-0674 / (61) 3326-4552
    (61) 99377-9791